"

Tombamento da Chácara da Fonte (ZEPEC Morro do Querosene)

Tombamento da Chácara da Fonte (ZEPEC Morro do Querosene)

O Tombamento da Chácara da Fonte deve ser deliberado pelo CONPRESP, Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo, nesta próxima terça feira, dia 14/02/2012, às 9 horas, na Galeria Olido (Avenida São João, 473, em frente ao Largo do Paissandú)

Esta é a quarta vez que esta deliberação consta da pauta de reunião do CONPRESP. Na reunião do dia 31 de janeiro, a Associação Cultural do Morro do Querosene teve 15 minutos para uma rápida defesa do tombamento. No saguão da Galeria Olido, prédio sede da Secretaria Municipal de Cultura e onde se situa o CONPRESP, membros da comunidade aguardavam o resultado que não aconteceu: no último minuto, a votação não foi realizada porque um dos conselheiros pediu vistas ao processo.

Nossa Associação encaminhou, para serem anexados ao Processo, novos documentos que reforçam as justificativas históricas, ambientais e culturais para este Tombamento:

· Recenseamento de 1765 e 1767 da Capitania de São Paulo.

· Mapa da Secretaria da Justiça e Negócios do Interior: “Planta das Terras do Instituto Butantan”

· Certidão de Compra da Chácara da Fonte por José Guilherme Eiras em 1923.

· Escritura de Constituição de Servidão de Trânsito (Rua da Fonte) de 1935.

· Ofício 552/SP-BT/GAB/2009 – Parecer Técnico da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente referente à criação do Parque da Fonte.

· Laudo da Sabesp de 2011 atestando a potabilidade da água da Fonte.

· Considerações legais do Ministério Público sobre “Tombamento”.

· Recomendação Técnica “Bairro Criativo, Patrimônio da Cidade”, Lala Deheinzelin, janeiro de 2012,

Nossas justificativas e as imagens destes documentos estão publicadas em

www.fontedopeabiru.com.br/1135-2/

Estaremos novamente no saguão da Galeria Olido,

nesta próxima terça-feira, dia 14 de fevereiro, a partir das 8h30m.

Participe desta torcida!

Comments closed.